Porsche Taycan será sedã elétrico com mais de 600 cv

postado em: Autossustentabilidade | 0

Primeiro carro totalmente elétrico da marca terá autonomia de mais de 500 km

O Porsche Mission E irá mudar de nome para Taycan quando começar a ser produzido, o que acontecerá somente em 2019. Para aliviar a espera, a marca revela parte de suas especificações. O primeiro carro elétrico da Porsche terá dois motores trabalhando em conjunto, um no eixo dianteiro e outro no eixo traseiro, gerando uma potência combinada de mais de 600 cv.

Estes dois motores elétricos serão abastecidos por baterias de íon-lítio de alta voltagem, com autonomia para mais de 500 km, apesar que a fabricante não revelou como chegou neste número. Vamos torcer para que já seja baseado no novo sistema de testes na Europa, o Worldwide Harmonized Light Vehicle Test Procedure (WLTP) ao invés do New European Driving Cycle (NEDC), que deixará de ser utilizado em setembro.

Quando a carga acabar, levará 15 minutos para reabastecer o suficiente para andar por mais 400 km, graças ao sistema de recarga rápida do Taycan, que utiliza carregadores de 800 volts. O elétrico da Porsche irá utilizar o padrão Combined Charging System (CCS), que já é adotado na Europa e Estados Unidos, mas terá versões diferentes para Japão e China, que utilizam outro tipo de tomada.

Além de ser um elétrico, o Taycan ainda é um carro da Porsche, então terá um desempenho de alto nível que é esperado da marca que criou o 911. O 0 a 100 km/h deve ficar “bem abaixo” dos 3,5 segundos, precisando de menos de 12 segundos para chegar aos 200 km/h.

A Porsche ainda soltou outros números interessantes. A fabricante estima vender 20 mil unidades por ano (ou seja, dois terços do que o 911 vende no mesmo período). Os protótipos rodaram por mais de 40 mil km na África do Sul. Por mais impressionante que seja, o Taycan ainda tem muito chão para rodar antes de encerrar o período de testes. Por que rodar tanto assim? “O primeiro carro esportivo elétrico da Porsche precisa funcionar como um relógio mesmo nas condições mais duras”, explica a empresa.

Fonte: Motor 1

Origem: Porsche