Volkswagen apresenta o caminhão elétrico brasileiro e-Delivery

postado em: Autossustentabilidade | 0

vw-e-delivery-3 Volkswagen e-Delivery: caminhão elétrico brasileiro é apresentado na Alemanha

O segmento de veículos elétricos, seja de automóveis de passeio ou de comerciais leves estão ganhando forma em muitos mercados, mas há outra categoria que também cresce, a dos caminhões elétricos. Buscando adentrar esse novo nicho de mercado, a MAN Latin America apresentou na Alemanha o Volkswagen e-Delivery.

O modelo é declarado como sendo o primeiro caminhão leve elétrico desenvolvido no Brasil, cujo projeto leva em consideração aplicações em mercados emergentes. Por enquanto ainda um protótipo, o caminhão será um produto final que logo estará nos revendedores da marca pelo país. Os testes com frotas piloto começam em 2018.

vw-e-delivery-3 Volkswagen e-Delivery: caminhão elétrico brasileiro é apresentado na Alemanha

O Volkswagen e-Delivery será oferecido nas versões de 9 ou 11 toneladas de peso bruto total, podendo receber diversas configurações de carroceria sobre seu chassi de longarinas. Com foco no uso urbano, o caminhão elétrico brasileiro é dedicado à entrega de encomendas nas cidades e para isso, possui emissão zero e nível de ruído extremamente baixo. Ele também pode ser enquadrado como VUC (Veículo Urbano de Carga).

Para mover o Volkswagen e-Delivery, a MAN introduziu um motor elétrico nacional, o WEG AL160 com 109 cv e 50,1 kgfm. A transmissão é automática da Allison e as baterias de íons de lítio foram desenvolvidas em parceria com a Eletra, empresa que atua na produção de ônibus elétricos e híbridos no país. Com esse pacote de células de energia, o caminhão elétrico tem autonomia de até 200 km. A recarga rápida repõe 30% da carga em 15 minutos e a lenta preenche 100% em apenas três horas. O carregador externo é padrão CCS.

vw-e-delivery-3 Volkswagen e-Delivery: caminhão elétrico brasileiro é apresentado na Alemanha

A fim de ampliar a eficiência energética, o Volkswagen e-Delivery utiliza freios regenerativos em três níveis. O motorista pode ajustar de acordo com sua preferência ou volume de carga transportado. Atuando antes do freio pneumático, a recuperação de energia garante reposição de até 30% da carga. O caminhão tem ainda o Eco-Drive Mode, que reduz o consumo de energia com o objetivo de ampliar a autonomia.

No uso urbano, o Volkswagen e-Delivery consegue subir rampas de 25º e aclives com até 30º de inclinação. Equipado com ar-condicionado, compressor de ar, compressor da direção e outros dispositivos, todos com acionamento elétrico, o caminhão da VW mantém as demais características de seus irmãos movidos por diesel, tais como eixos, suspensão, chassis, rodas e pneus, por exemplo, reduzindo os custos de operação do veículo. Todas as informações de gestão de energia são repassados ao motorista através do painel, que tem layout similar aos dos carros elétricos da VW.

Fonte: Notícias Automotivas