VW investirá € 900 milhões em fabricante de baterias na Europa

postado em: Autossustentabilidade | 0
VW investirá € 900 milhões em fabricante de baterias na Europa
Vista aérea da fábrica de células de bateria da Northvolt na Suécia

Empresa comprará 20% das ações da sueca Northvolt e estabelecerá uma joint venture com a parceira

A Volkswagen anunciou que investirá € 900 milhões em atividades conjuntas com a fabricante de baterias sueca Northvolt, com a qual a montadora já havia firmado parcerias. Parte do aporte será aplicado para a criação de uma joint venture 50/50 para a construção de uma fábrica de baterias na cidade de Salzgitter, no estado da Baixa Saxônia (Alemanha) com início da construção previsto para o início de 2020 e produção a partir do fim de 2023 e o início de 2024.

Além disso, outra parte do investimento será utilizado para a compra de 20% das ações da Northvolt pela VW, que terá um assento no conselho de administração. Todas as medidas estão sujeitas a aprovação.

“A Volkswagen está lançando as bases em todos os níveis para a implementação bem-sucedida de sua estratégia de eletrificação e com a Northvolt, também encontramos um parceiro europeu cujo know-how e processos de produção de células de bateria sustentáveis e otimizados para CO2 nos permitirão avançar na produção de células aqui na Alemanha. O pré-requisito para isso é, obviamente, a criação do quadro econômico necessário”, disse em nota o membro do conselho de administração da VW e responsável pela área de compras, Stefan Sommer.

Segundo a VW, por causa de sua ofensiva estratégica de eletrificação, as necessidades anuais do grupo na Europa a partir de 2025 são superiores a 150 GWh, escala similar esperada para a Ásia. A montadora quer se tornar a maior vendedora de veículos elétricos do mundo até 2025 e um portfólio com mais de 20 modelos.

Fundada em 2016, a Northvolt avançou rapidamente em seu foco de fornecer bateria de íons de lítio de última geração para a indústria automotiva e é considerada no mercado uma das mais ecológicas do mundo, com uma pegada mínima de CO2 e elevadas condições para a reciclagem. Atualmente, a empresa está montando uma linha de produção piloto para células de bateria em uma fábrica na Suécia com capacidade inicial de 16 GWh. Além da VW, ela mantém parcerias com a ABB, BMW, Scania, Siemens, Vattenfall e Vestas.

Fonte: Automotive Business